Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Em parceria com Frente Parlamentar Brasil-China e Assembleia Legislativa do RS, Sedetur participa de seminário da CITIC Group

A reunião ocorreu nesta terça pela manhã com a presença de diversas autoridades da gestão pública e privada do estado.

Publicação:

Divulgação
- Reunião ocorreu por videoconferência

            Com início às 8h desta terça-feira, dia 29, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) foi uma das parceiras no evento Brasil-China, que pretende trazer ampliação comercial para o Rio Grande do Sul. A reunião ocorreu por videoconferência, obedecendo todas as orientações de distanciamento social.

            Com mediação do deputado estadual Jeferson Fernandes, participaram da apresentação o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rodrigo Lorenzoni, que também representou o governo do Estado; o prefeito de Taquari e presidente da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), Maneco Hassen; o presidente da Assembleia Legislativa do RS, Ernani Polo; e diversas entidades do setor público e privado.

            A reunião teve como objetivo apresentar a CITIC Group, um grande conglomerado multinacional estatal chinesa com uma diversa gama de negócios. Consolidada no mercado internacional, a empresa já participou de diversos projetos na América latina. Dentre eles estão a usina termoelétrica de Candiota (fase C) aqui no Rio Grande do Sul, os vagões série 200 para o metrô de Buenos Aires, as casas sociais na Venezuela, entre outros empreendimentos.

            Rodrigo Lorenzoni, secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo do RS (Sedetur), afirma que o governo do estado está disposto a conversar e estreitar cada vez mais os laços. “Queremos aperfeiçoar as relações comerciais com a China, principalmente aqui no RS, e este tipo de reunião como a de hoje permite essa interação. Buscamos relações comerciais mais estáveis e produtivas para ambos os lados e assumimos o compromisso pelo desenvolvimento econômico gaúcho”, pontua.

            Ernani Polo, presidente da Assembleia Legislativa do RS, vai ao encontro da fala de Lorenzoni e diz que um trabalho significativo está sendo desenvolvido. “Essa articulação é muito importante para aproximar a relação dos países. Os que mais crescem são os que fazem parcerias e nós temos esse objetivo. Já possuímos uma boa integração comercial com a China, mas isto ainda pode ser aprimorado e ampliado”, afirma.

            De acordo com Gaio Doria, Gerente de Mercado do CITIC Group Brasil, a estatal desponta desde 2009 entre as 500 maiores corporações em todo o mundo e, em 2020, está na 126ª posição no ranking. A ideia é crescer ainda mais e ele afirma: “o Rio Grande do Sul ocupa uma posição especial nos interesses do grupo, pois vemos no estado uma oportunidade de investimento em infraestrutura sustentável a longo prazo”.

 A CITIC Group

            O CITIC Group foi fundado em 1979 e, desde então, tem sido um piloto para a reforma econômica nacional e uma janela importante para a abertura da China para o mundo exterior, levantando capital estrangeiro, introduzindo tecnologias avançadas e adotando práticas avançadas em operação e gestão, construindo assim a boa reputação na China. O grupo se tornou um grande conglomerado multinacional estatal com uma ampla gama de negócios que abrangem finanças, energia e recursos, manufatura, contratos de engenharia, imóveis e outros. Tem ativos totais na casa dos 900 bilhões de dólares e receita operacional maior que 70 bilhões de dólares.

Texto por: Diego Amaral

Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo